Juventus de Turim 1983-1984

Campeã Italiana

Gentile e Cabrini pelas laterais, Scirea de líbero, Tardelli pela meia e Paolo Rossi no comando do ataque garantiam entrosamento entre as linhas..."

Defesa:

1. Tacconi; 2. Gentile, 5. Brio, 6. Scirea e 3. Cabrini;

Meio-Campo:

4. Bonini (samarinês), 7. Penzo, 8. Tardelli e 10. Platini (francês);

Ataque:

9. Paolo Rossi e 11. Boniek (polonês)

Técnico: Giovanni Trapattoni

Imagine uma equipe com a metade da Seleção Italiana de 1982, campeã da Copa do Mundo da Espanha... assim era a Juventus Football Club da temporada 1983-1984. Inspirada pelo título da Squadra Azzurra, a Vecchia Signora foi acolhedora, levando vários títulos para sua sala de troféus, conduzida pelo técnico Giovanni Trapattoni, para orgulho da torcida preta e branca de Turim. Gentile e Cabrini pelas laterais, Scirea de líbero, Tardelli pela meia e Paolo Rossi no comando do ataque garantiam entrosamento entre as linhas, tornando a Squadra Bianconera compacta e eficiente. Para completar o "estrago", a Juve tinha também o meia francês Michel Platini e o atacante polonês Zbigniew Boniek, duas feras que também tiveram atuações destacadas no Mundial de 1982.


Com essa fortíssima equipe, a Juventus conquistou o Mundialito de Clubes na cidade de Milão (Torneio do qual participaram também Flamengo, Peñarol do Uruguai, Milan e Internazionale), a Supercopa da UEFA, a Recopa Europeia (Taça das Taças) e o Campeonato Italiano, e não era para esperar por menos, ao contrário, se mais títulos tivesse para disputar, muito provavelmente os conquistaria. Alguém aí duvida?

Botões & Esquadrões é um incentivo à prática do Futebol de Botão e uma homenagem a equipes que marcaram época no futebol brasileiro e mundial.


© 2011-2020 Botões & Esquadrões em Wix.com