Flamengo 1981

Campeão Mundial

“Tenho certeza que o Flamengo será campeão mundial de clubes porque acho que está escrito.” Cláudio Coutinho

Defesa:

1.Raul; 2.Leandro, 13.Marinho, 4.Mozer e 5.Júnior; Meio-Campo: 6.Andrade, 8.Adílio e 10.Zico; Ataque: 7.Tita,  9.Nunes e 11.Lico Técnico: Paulo César Carpegiani


O primeiro time brasileiro a disputar a Copa Intercontinental deu show no Japão, o Flamengo jogou uma das partidas tecnicamente mais perfeitas da sua história lá do outro lado do mundo gastando a bola diante de um atônito Liverpool, um dos esquadrões mais fortes da Europa, campeão da Taça dos Clubes Campeões daquele ano ao superar o Real Madrid. Entre os destaques da equipe inglesa estavam os escoceses Dalglish e Souness.

Antes dos 15 minutos de jogo o domínio rubro-negro já se mostrava evidente, e o panorama não mudou até o fim da primeira etapa. Nunes abriu o placar aos 13 após passe de Zico, aos 34 Adílio ampliou, aproveitando rebote de falta cobrada pelo Galinho e ainda no primeiro tempo Nunes fez mais um ao receber outro passe do Camisa 10 da Gávea. 3 x 0 para o rubro-negro com apenas 41 minutos de partida.


O quase imbatível esquadrão rubro-negro brilhou intensamente na Terra do Sol Nascente. Naquele dia, a alegria de ser rubro-negro se espalhou pelo mundo inteiro. O Estádio Nacional de Tóquio teve seu dia de Maracanã. E assim se cumpria a profecia do técnico Cláudio Coutinho (1939-1981): “Tenho certeza que o Flamengo será campeão mundial de clubes porque acho que está escrito”. Dito e feito.


Botões & Esquadrões é um incentivo à prática do Futebol de Botão e uma homenagem a equipes que marcaram época no futebol brasileiro e mundial.

105 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

© 2011-2021 Botões & Esquadrões em Wix.com