Marca Botões e Esquadrões
Bicampeão cearense  em 1974 ao conquistar o seu 24º título estadual, o Fortaleza jogou e decidiu a competição no Castelão pela primeira vez na sua história.

Os destaques daquela equipe eram o zagueiro Ozires, que mais tarde atuou no Cruzeiro ao lado de Raul,  Nelinho, Jairzinho e outras feras na capanha do título da Libertadores de 1976,  Beijoca, artilheiro do campeonato com 26 gols e o lateral-direito Louro, ganhador da Bola de Prata da Revista Placar e cotado para ser convocado para a Copa de 1974, na Alemanha Ocidental.

Pelo Campeonato Brasileiro, uma campanha razoável, 16º lugar entre as 40 equipes participantes.

Defesa:
1.Cícero; 2.Louro, 3.Pedro Basílio, 4.Ozires e 6.Roner
Meio-Campo:
5.Zé Carlos, 8. Hamílton Melo e 10.Chinezinho;
Ataque:
7.Haroldo, 9.Beijoca e 11.Geraldino.
Técnico: Moésio Gomes (Paim)
Obs.: Esquema 4-3-3, modificado posteriormente, em virtude da saída do artilheiro Beijoca no meio do campeonato, para o 4-4-2.
4-3-3 com Beijoca no comando do ataque.

 
 ===================================================
Esquema 4-4-2, sem o artilheiro Beijoca.
Defesa:
1.Cícero; 2.Louro, 3.Pedro Basílio, 4.Ozires e 6.Roner
Meio-Campo:
5.Zé Carlos, 8. Amílton Melo, 10.Chinezinho e 9.Lucinho (o quadrado de ouro de Paim)
Ataque:
7.Haroldo e 11.Geraldino.
Matéria do Jornal O Povo  22/03/1975

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in