Marca Botões e Esquadrões

O destaque de hoje é para o ponta-esquerda Renato Sá, que aqui aparece no Botafogo de 1979 e também no  Atlético Paranaense de 1984.

No  Bota de 1979, ao lado de Mendonça, Gil e Marcelo, ele entrou para a história do alvinegro ao marcar o gol da vitória sobre o Flamengo (se o rubro-negro de Zico não perdesse aquela partida, bateria o recorde, pertencente ao próprio Botafogo, de 52 partidas invictas.) O gol de Renato Sá até hoje é festejado como se valesse um título para o Fogão.
 
Já pelo Furacão, em 1984, o craque catarinense fez parte de uma boa equipe ao lado de Rondinelli, Détti, Capitão e Nivaldo. Naquele ano, o rubro-negro paranaense ficou em 4º lugar no Estadual (o campeão foi o Pinheiros, hoje Paraná Clube). O Atlético chegou a ficar 15 jogos invicto naquele ano.
Em ambas as equipes, embora modestas e sem conquistas de títulos, o jogador catarinense foi decisivo e mostrou sua técnica, e por isso esses esquadrões  ainda rendem boas lembranças. 
 

Botafogo 1979

Defesa:
1.Ubirajara; 4.Perivaldo, 2.Miltão, 3.Renê e 6.China;
Meio-Campo:
5.Ruço, 8.Wescley e 10.Renato Sá;
Ataque:
7.Cremílson, 9.Dé e 11.Ziza

Técnico:
Joel Martins da Fonseca

 

Cartela para Futebol de Botão

 
 
Atlético Paranaense 1984
 
Defesa:
1.Rafael; 2.Sóter, 3.Rondinelli, 4.Mossoró e 6.João Luís;
Meio-Campo:
5.Détti, 8.Amauri e 10.Nivaldo;
Ataque:
7.Capitão, 9.Binga e 11.Renato Sá
 
Técnico:
Carlinhos Neves
 
 
 

Cartela para Futebol de Botão

 
 
A classe de Renato Sá
 

Botões & Esquadrões estimula o conhecimento da história do futebol nacional e internacional, e incentiva a prática do Futebol de Mesa.

Participe. Deixe o seu comentário e colabore com o nosso portal.

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in