Marca Botões e Esquadrões
Se Nílton Santos, "A Enciclopédia", fosse o único craque daquele Fogão bicampeão carioca, campeão do Torneio Rio-São Paulo, campeão do Pentagonal do México e campeão do Torneio Início do Rio de Janeiro, o time já seria muito forte. Mas o alvi-negro não contava apenas com uma estrela solitária, tinha o goleiro Manga, o lateral-esquerdo Rildo (Nílton Santos atuou de quarto-zagueiro a partir daquele ano), os meias Didi e Amarildo, tinha também Zagallo e, nada mais nada menos  que Garrincha, um dos maiores gênios do futebol em todos os tempos. Uma constelação, uma verdadeira Seleção.
 
Defesa:
1.Manga, 2.Joel, 3.Zé Maria,4. Nílton Santos e 6.Rildo;
Meio-Campo:
5.Aírton e 8.Didi;
Ataque:
7.Garrincha, 10.Amarildo, 9.Quarentinha e 11.Zagallo

Técnico: Marinho Rodrigues

 
 
 

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in