Marca Botões e Esquadrões
Passando pelos arquivos encontrei essa formação fantástica do Galo, pentacampeão estadual de Minas Gerais. O que chamou a atenção? Foi o seguinte: ter um exímio cobrador de faltas em seu time é um privilégio, agora ter dois, aí já é demais.
Como se não bastassem as bombas do ponta-esquerda Éder, a diretoria resolveu levar o lateral-direito Nelinho. O ex-cruzeirense parece que tinha um míssil teleguiado acoplado na perna direita, quando batia na bola a redonda chegava tonta no fundo das redes depois de tanta curva. 
Um timaço com dois mestres da bola parada. 
 
 
Defesa:
1.João Leite; 4.Nelinho, 2.Osmar, 3.Luizinho e 6.Jorge Valença;

Meio-Campo:
5.Toninho Cerezo, 8.Heleno e 10.Renato;

Ataque:
7.Catatau, 9.Reinaldo e 11.Éder

Técnico:
Lacerda
 
 
 
 

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in