Marca Botões e Esquadrões
Justiça seja feita, a Alemanha Ocidental de 1982 não era apenas truculência. A marcação forte e a determinação de sempre também davam espaço "ma non troppo" para a categoria do veterano Breitner e do ponta-esquerda Rummenigge. Após eliminar a França em uma semifinal antológica, caiu diante da Itália na finalíssima da Copa do Mundo da Espanha.
Defesa:
1.Schumacher; 20.Kaltz, 4.Karl-Heinz Foerster, 15.Stielike e 2.Briegel;
Meio-Campo:
6.Dremmler, 3.Breitner e 14.Magath;
Ataque:
7.Littbarski, 9.Hrubesch e 11.Rummenigge.

Técnico: Jupp Derwall

 
 

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in